Prêmio Innovare de 2015 foca em menos processos e mais agilidade

Tema foi anunciado em cerimônia nesta quinta-feira (5). Poderão concorrer profissionais de qualquer área e não só os que atuam no meio jurídico.



Foi lançada nesta quinta-feira (5), em Brasília, a 12º edição do 
Prêmio Innovare,
 que reconhece iniciativas para modernizar a Justiça.

Pilhas e pilhas de processos que muitas vezes levam anos para serem julgados. É a realidade nos tribunais de todo o país. O prêmio especial do Innovare este ano será focado em “menos processos e mais agilidade”.

O tema foi anunciado na cerimônia, comandada pelo presidente do Superior Tribunal de Justiça, ministro Francisco Falcão. Poderão concorrer ao prêmio especial profissionais de qualquer área e não só os que atuam no meio jurídico.

Este ano, o Innovare ganhou mais uma categoria: “justiça e cidadania”, que se junta a outras com tema livre: “tribunal”, “juiz”, “defensoria pública”, “ministério público” e “advocacia”. O prêmio é uma realização do Instituto Innovare, do Ministério da Justiça e de associações jurídicas, com o apoio do Grupo Globo.

Para o ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal Ayres Britto, que preside o Conselho Superior do Instituto Innovare, o prêmio chega consolidado à 12ª edição. Até hoje, mais de três mil práticas foram inscritas e cerca de 150 foram premiadas.

“O Innovare é uma instituição que deu certo, pegou. É justamente para aperfeiçoar, contribuir para o aperfeiçoamento do Poder Judiciário, que existe o prêmio Innovare”, diz Carlos Ayres Britto.

O Ministro da Justiça ressaltou que a premiação tem reconhecido iniciativas importantes para modernizar a Justiça.

“Ele é um grande ganho para o país, os resultados mostram isso e teremos, mais uma vez, um prêmio que dotará brasileiros e brasileiras de grandes ideias para boas implementações futuras”, afirma o ministro da Justiça José Eduardo Cardozo.

As inscrições vão até o dia 14 de maio. As experiências selecionadas serão visitadas pelos consultores do Prêmio Innovare, que vão ver de perto os benefícios para a comunidade. Os concorrentes serão avaliados nos critérios de eficiência, qualidade, criatividade e alcance social da ação.

via Jornal Nacional – Prêmio Innovare de 2015 foca em menos processos e mais agilidade.

Anúncios