Petraglia revela Atlético, Coxa e Paraná unidos por liga e intervenção na Federação

Presidente rubro-negro diz que irá até presidentes de Flamengo e Fluminense, que no Rio de Janeiro articulam a criação de uma entidade paralela à Federação local

Atlético, Coritiba e Paraná articulam nos bastidores a criação de uma liga estadual de clubes e uma intervenção na Federação Paranaense de Futebol (FPF). A revelação foi feita pelo presidente rubro-negro,Mario Celso Petraglia, em entrevista ao site da ESPN, publicada nesta sexta-feira (3).

“Estamos pensando em uma liga. Criamos uma associação há alguns anos, a coisa não andou. Agora, com essa crise toda do campeonato estadual, nos reunimos de novo e estamos tentando mudar a federação. Então, os três grandes da capital, Paraná, Coritiba e Atlético, estamos liderando uma conversa para a formação da liga”, afirmou Petraglia.

A associação citada pelo dirigente é a Futpar, criada no fim da década passada e esvaziada pela saída do Coritiba, que se aliou a Hélio Cury. Logo apósCury ser reeleito, em março, o vice-presidente do Coxa, André Macias, chegou a falar da possibilidade de criação de uma liga e ameaçou colocar o time sub-23 em campo no Estadual de 2015. Especialmente a segunda parte mereceu umdesmentido público de dois outros vice-presidentes alviverdes: Ernesto Pedroso e Ricardo Guerra.

Agora, pelo discurso de Petraglia, não só a criação da liga segue viva, como a tentativa de reverter judicialmente a vitória de Hélio Cury.

“Estamos também tentando a intervenção judicial na federação, mas ainda não deu certo. Tudo caminha para uma liga. Esse é o nosso pensamento. Estamos liderando os 20 clubes profissionais do estado. Temos conversas e mantemos contato. Está forte isso”, disse MCP.

Outro elemento a impulsionar a criação de uma liga paranaense é a crise entre a dupla Fla-Flu e a Federação Carioca, no Rio de Janeiro. Em debate na ESPN, os presidentes do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, e Fluminense, Peter Simsen, revelaram ter intenção similar no futebol carioca.

“No Rio a situação também é irreversível. Assim como aqui. Dos quatro grandes lá, dois estão juntos. Daqui, dos três, os três estão unidos. Ou seja, temos uma bela oportunidade. Vou procurá-los agora. A liga vai depender da CBF, ela é quem tem de aprovar”, afirmou Petraglia, que prometeu procurar Bandeira e Simsen.

via Petraglia revela Atlético, Coxa e Paraná unidos por liga e intervenção na Federação | Campeonato Paranaense | Gazeta do Povo.

Anúncios