Saiba como se proteger de assédio pelo celular

Aplicativos permitem ocultar o número de telefone e bloquear usuários inconvenientes


Nas últimas semanas, o caso da jornalista assediada por um funcionário da Net causou preocupação sobre a privacidade dos usuários dos aplicativos de comunicação por celular. No Rio de Janeiro, um cliente do 99 Taxi foi xingado pelo motorista após cancelar o pedido de viagem.Saiba como evitar esse tipo de problema e reagir ao receber ameaças.

1) Esconda seu número

Ao cadastrar o seu contato em aplicativos para chamar táxis, confira se é possível não divulgar seu telefone ao motorista. No aplicativo 99 Taxi, é possível fazer isso. Entre no menu “Conta”, no canto superior esquerdo da tela, e clique na primeira opção na qual está escrito o seu nome. Na tela com os seus dados, escolha a opção “editar” e desmarque o campo “Mostrar número ao taxista”. Dessa maneira, o motorista não irá poder entrar em contato com você fora do aplicativo.

2) Bloquear o contato

No Whatsapp, é possível bloquear contatos intrusivos. No caso de números desconhecidos, a opção bloquear está no topo da tela de mensagens. Outra opção é clicar em ajustes, no canto inferior direito da tela, entrar em “Conta”, “Privacidade” e “Bloqueados”. Nessa tela, você pode criar e editar uma lista de quem você não quer receber mensagens.

REPRODUÇÃO
Captura de tela de assédio sofrido pela jornalista
3) Capturas de imagens das conversas

Caso você queira denunciar o assédio às autoridades, é preciso apresentar as mensagens da conversa para nas delegacias de crimes virtuais. Os smartphones permitem que sejam feitas capturas de tela mostrando as conversas. O comando para tirar uma foto da tela do celular pode variar. Em dispositivos Android e Apple é necessário pressionar os botões “home” e “power” por três segundos. Em smartphones com o sistema Windows Phone, aperte o botão “mais volume” e “power”. A imagem será enviada para o acervo de fotos do aparelho.

4) Enviar histórico de mensagens para e-mail

No alto da tela de conversa, você pode clicar no número do contato que cometeu o assédio e visualizar a opção “enviar conversa por e-mail” na parte inferior. O aplicativo irá gerar um e-mail com o histórico anexado salvo em formato .txt. O histórico contém data, hora e nome dos usuários participantes da conversa.

via Saiba como se proteger de assédio pelo celular – Link Estadão – Cultura Digital – Estadao.com.br.

Anúncios